Pergunta a Tina: queria saber quanto tempo leva para começar o sexo, depois do nascimento de um bebé?
Vida e Lazer - Pergunte a Tina
Escrito por Tina  
Sábado, 04 Maio 2019 10:05
Share/Save/Bookmark

Bom dia, chamo-me Patreque, queria saber quanto tempo leva para começar o sexo, depois do nascimento de um bebé?

Bom dia, Patreque, infelizmente não há regras matemáticas para responder à tua preocupação. Na verdade, os médicos costumam recomendar que a mulher deve evitar relações sexuais durante 40 dias após o parto, a chamada” quarentena”.

Mas isso é muito variável de pessoa para pessoa e de acordo com o tipo de parto - normal, com episiotomia (corte no períneo), cesariana-. Há mulheres que tiveram sexo três semanas depois do parto e outras que só depois de seis ou nove semanas, principalmente se foi por cesariana. O desejo do casal de realizar a primeira relação com penetração após o parto é mais importante do que qualquer prazo recomendado pelo médico.

O mais importante é pensar no organismo da mãe, daquela que deu nascimento ao bebé. Os seus órgão genitais acabam de passar uma provação dolorosa e desconfortável, para dar nascimento ao teu filho. Consegues imaginar quanto tempo leva a que uma senhora volte a pensar novamente em usar esses órgãos recém-doridos para fazer sexo? Recomeçar a ter sexo com penetração depois do parto pode ser doloroso. Se pensares bem, é quase como se a mulher tivesse a sua primeira relação sexual, com os seus correspondentes medos e receios. Pensa nisto primeiro. Segundo, depois do nascimento, a mãe do bebé está ocupada com ele quase 24 sobre 24 horas, todas as noites mal dormidas e com as mamas à disposição sempre que ele o desejar. Será que esta senhora tem muito tempo para pensar em sexo? Também, o facto de estar a amamentar, leva a uma diminuição do desejo sexual, provocada por uma hormona específica, a prolactina, que regula a produção do leite materno.

Dito isto, acho que podes concluir que, depois do nascimento de um bebé, a mãe é que deve saber quanto tempo leva para começar o sexo. É normal que ela não tenha uma grande disponibilidade emocional. A mulher apenas deve fazer o que lhe apetece e a faz sentir-se confortável.

Por isso, o ideal é que o casal converse, dialogue sobre os seus respectivos desejos. O pai do bebé tem que ser muito carinhoso, sem pressas, calmo, paciente e afectuoso, fazendo com que a mãe se sinta mulher, com namoros e provocações, valorizando o corpo da sua parceira.

É preciso ter em conta que sexo não é apenas penetração e orgasmo, principalmente quando a mulher teve um parto. Abraços, beijos e carícias, afagos, trocar sussurros, tudo são prazerosos para uma mulher. Interromper o o sexo penetrativo depois do parto não significa interromper as carícias e o contacto amoroso entre o casal.

É conveniente lembrar que a lubrificação da mulher que amamenta pode estar diminuída, sendo frequentemente necessário usar um lubrificante para aliviar o desconforto ou a dor que ela possa ter.

A boa notícia é que há muitas mulheres que atingem o orgasmo com mais facilidade do que antes de terem filhos.

Tudo de bom para ti e tua família, Patreque.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sábado, 04 Maio 2019 10:17
 
Avaliação: / 5
FracoBom