Mais de cinco mil mortos ligados à malária no Burkina Faso
Vida e Lazer - Saúde e bem Estar
Escrito por Agências  
Quinta, 14 Julho 2016 08:57
Share/Save/Bookmark

Mais de oito milhões de casos de malária, incluindo cinco mil mortos, foram registados em 2015 nas diferentes formações sanitárias no Burkina Faso, soube-se, quarta-feira, do Ministério da Saúde.

Segundo o ministro burkinabe da Saúde, Smaila Ouédraogo, que falava terça-feira por ocasião do lançamento duma campanha de distribuição de mais de 10 milhões de redes mosquiteiras, destes casos de mortos 80 porcento são crianças de menos de cinco anos.

Mais de 10 milhões de redes serão distribuídos gratuitamente em todo o território burkinabe entre 15 e 18 de Julho de 2016 para lutar contra o paludismo.

O custo global desta campanha, estimada em mais de 22 biliões de francos CFA (um dólar equivale a cerca de 589 francos CFA) será coberto em perto de 97 porcento pelo Fundo Mundial contra o Paludismo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom