Vacinas contra a cólera já estão em Sofala onde o surto alastrou-se ao Dondo e causou um óbito
Vida e Lazer - Saúde e bem Estar
Escrito por Redação  
Quarta, 03 Abril 2019 07:50
Share/Save/Bookmark

Já estão na cidade da Beira as 900 mil vacinas contra a cólera, do stock mundial que foi disponibilizado para uso de emergência na província de Sofala, onde o surto que eclodiu após o ciclone IDAI e as cheias fez mais uma vítima mortal, desta vez no distrito do Dondo.

“Nas últimas 24 horas registamos um total de 376 casos de cólera aqui na Província de Sofala. É importante realçar que destes casos 296 tiveram tratamento nas nossas unidades sanitárias e foram para suas casa”, actualizou a jornalistas nesta terça-feira (02) o Director Nacional de Assistência Médica, Ussene Isse, que detalhou: “na cidade da Beira, nas últimas 24 horas, registamos 259 casos de cólera e zero óbitos; no distrito de Nhamatanda registamos 57 casos de cólera e zero óbitos; e no distrito de Dondo registamos 60 casos e um óbito”.

Segundo Isse “este óbito chegou na nossa unidade sanitária numa situação de perda de líquidos muito grave”. Cumulativamente, desde o passado dia 27 de Março, as autoridade de Saúde receberam e trataram de 1.680 doentes com cólera.

Dentre a ajuda alimentar, humanitária e sanitária que continua a chegar de vários cantos do país e do globo Moçambique recebeu a meio da tarde desta terça-feira (02) cerca de 900 mil reforços na luta contra o vibrião colérico. Tratam-se das doses de vacina contra a cólera, obtidas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com financiamento da GAVI, The Vaccine Alliance, e que deverão começar a ser administradas por via oral nesta quarta-feira na cidade da Beira e nos distritos de Dondo, Búzi e Nhamatanda.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sexta, 26 Abril 2019 09:22
 
Avaliação: / 0
FracoBom