Soltas <


Alunos sem vagas no ensino presencial sugeridos ensino à distância em Maputo
CAMPUS - Soltas
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 17 Janeiro 2018 21:45

Foto de Emildo SamboO ano lectivo de 2018 arranca dentro de sensivelmente duas semanas, a 02 de Fevereiro próximo, nas escolas públicas de Moçambique. Na capital Maputo, as matrículas ainda estão em curso em muitos estabelecimentos de ensino, sobretudo da periferia, e decorrem num ambiente de verdadeira azáfama. Os pais e encarregados de educação a procurarem, a todo custo, vagas para os seus educandos da 8a e 11a classes, que registam maior procura a cada início do ano. Há alunos que por conta própria ou a mando dos seus progenitores estão, também, na mesma lufa-lufa, mas as direcções das escolas alegam que não estão em altura de satisfazer a todos devido à exiguidade de vagas. Todavia, a Direcção da Educação e Desenvolvimento Humano da Cidade de Maputo sugere que aqueles que não abrangidos pelo sistema optem pelo ensino à distancia, que este ano contará com mais de 4.400 vagas.

Actualizado em Quarta, 24 Janeiro 2018 09:54
 
Governo vai contratar só 55 novos professores para escolas de Maputo este ano
CAMPUS - Soltas
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 17 Janeiro 2018 21:43

Foto de Emildo SamboA Direcção da Educação e Desenvolvimento Humano da Cidade de Maputo vai contratar apenas 55 professores para todos os níveis de ensino, número que está aquém das necessidades, no presente ano lectivo, cuja abertura está marcada para 02 de Fevereiro próximo, em todo o país. Segundo a projecção do sector, cerca de 345 mil alunos vão sentar no banco da escola e o processo de matrículas ainda está curso, devendo terminar até 22 de Janeiro corrente.

Actualizado em Terça, 23 Janeiro 2018 08:58
 
Acesso à educação inclusiva continua está aquém do desejado em Moçambique
CAMPUS - Soltas
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 17 Outubro 2017 08:07

Moçambique deve, até 2030, assegurar a educação inclusiva, equitativa, de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem para todas as crianças, no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e de outros instrumentos que subscreveu para o efeito. Contudo, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) reconhece que, não obstante os esforços empreendidos pelo Governo nesse sentido, o acesso esse tipo instrução ainda está aquém do desejado, mormente a de alunos com necessidades educativas especiais.

Actualizado em Quinta, 14 Dezembro 2017 12:53
 
Matrícula da 6a classe arranca em Dezembro em Moçambique
CAMPUS - Soltas
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 03 Outubro 2017 06:14

Foto de Júlio PaulinoPara a 6a classe, a inscrição irá acontecer de 18 de Dezembro próximo a 05 de Janeiro de 2018. O processo deverá abranger 494.523 alunos, dos quais 97.924 na Zambézia, 70.315 em Nampula, 47.056 em Sofala, 46.845 na província de Maputo, 44.841 em Tete, 42.987 em Inhambane, 40.755 em Manica, 33.642 em Gaza, 25.827 em Cabo Delgado, 23.545 no Niassa e 20.787 na cidade de Maputo.

Actualizado em Quinta, 30 Novembro 2017 08:54
 
Matrícula da primeira classe para ano lectivo 2018 começa esta terça-feira e é gratuita
CAMPUS - Soltas
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 03 Outubro 2017 06:08

ArquivoDecorre, a partir desta terça-feira (03) e prolongar-se-á até 30 de Dezembro próximo, em todo o território moçambicano, a inscrição das crianças que deverão frequentar a primeira classe, no ano 2018, anunciou o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), em Maputo, reiterando que o processo é gratuito. Nenhum pai ou encarregado de educação deve deixar de matricular o seu filho e ou educando a tempo, alegadamente porque não dispõe de documentos para o efeito.

Actualizado em Quinta, 30 Novembro 2017 08:54
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 34