Alunos das classes iniciais não sabem ler e escrever em Báruè
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação  
Quinta, 05 Setembro 2013 09:13
Share/Save/Bookmark

Cerca de 90 porcento de crianças que frequentam as classes iniciais do Sistema Nacional de Educação (SNE) não sabem ler nem escrever correctamente, segundo uma avaliação da Save the Children feita em parceria com a Direcção Provincial da Educação e Cultura de Manica e com o Serviço Distrital da Educação, Juventude e Tecnologia de Báruè, na província de Manica.

A avaliação consistiu nos concursos de leitura e escrita nos alunos de oito escolas primárias completas do distrito, na presença de professores, pais e encarregados de educação.

O director distrital da Educação, Juventude e Tecnologia em Báruè, António Tomé, reconheceu a qualidade do ensino no nível básico é baixo e preocupante para o distrito e para o país em geral.

O concurso serviu igualmente para premear os melhores alunos perante os seus pais e encarregados de educação, assim como os melhores docentes.

O presidente do Conselho da Escola Primária Completa de Nhassacara, João Diamone Catandica, disse que a iniciativa “chama atenção e motiva os professores a apoiar nos seus alunos”. Ele defendeu que as escolas devem continuar com este tipo de concursos porque ajudam os alunos a ganhar a vontade de aprender.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sexta, 13 Setembro 2013 11:31
 
Avaliação: / 1
FracoBom