Governo vai formar sete mil mestres nas áreas de ciência e tecnologia
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação  
Quinta, 25 Setembro 2014 08:54
Share/Save/Bookmark

Até 2025, o Executivo moçambicano prevê formar sete mil mestres e doutores nas áreas de ciência e tecnologia para vários fins tais como fazer face aos problemas que preocupam a população e fazer com que a Ciência, Tecnologia e Inovação sejam uma ferramenta fundamental para o combate à pobreza.

Para o efeito, na quarta-feira (24) foi assinado um memorando de entendimento entre o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e instituições de ensino superior, em parceria com a firma Indra Sistemas.

Louis Pelembe, ministro Ciência e Tecnologia, disse que os profissionais que actuam nesta área têm a tarefa de contornar os obstáculos que os separam das comunidades, que são os beneficiários das actividades por eles desenvolvidas. Enretanto, o governante não forneceu detalhes sobre o processo que vai caracterizar a referida formação.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quinta, 25 Setembro 2014 20:06
 
Avaliação: / 1
FracoBom