Educação prioriza contratação de professores para as zonas rurais em Nampula
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação Nampula  
Quinta, 18 Dezembro 2014 13:02
Share/Save/Bookmark

As autoridades do sector de Educação em Nampula vão contratar professores para os estabelecimentos de ensino localizados nas zonas rurais, a partir do ano lectivo de 2015. A medida resulta da constante procura de docentes naqueles pontos do país, segundo referiu uma fonte do governo daquela província, em contacto com o @Verdade.

De acordo ainda com a mesma fonte, os professores que se encontram nas zonas urbanas têm pouco tempo de leccionação, em detrimento dos seus colegas do campo que se vêm obrigados a exceder a sua carga horária e a acumularem as turmas.

O nosso interlocutor fez este pronunciamento, na última segunda-feira, à margem da cerimónia de inauguração das novas instalações da Direcção Provincial de Educação e Cultura de Nampula, uma infra-estrutura construída de raiz. Para a governadora da província, Cidália Chaúque Oliveira, a inauguração daquele edifício, erguido no bairro de Muhala – Expansão, representa a prova inequívoca do esforço empreendido pelo executivo moçambicano no sentido de consubstanciar a aproximação da administração aos seus utentes.

“A construção deste novo edifício vem oferecer aos funcionários melhores condições de trabalho do que aquelas que usufruíam no imóvel que ocupavam anteriormente”, sublinhou a governante, apelando para uma maior preservação daquele edifício.

Orçadas em cerca de 40 milhões de meticais, desembolsados pelo Estado moçambicano, as obras de construção da nova Direcção Provincial de Educação e Cultura de Nampula tiveram a duração de cerca de cinco anos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quinta, 18 Dezembro 2014 13:08
 
Avaliação: / 2
FracoBom