Soltas <


Universidade brasileira financia projectos de saúde da UniLúrio em Nampula
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação Nampula   
Quinta, 10 Outubro 2013 18:01

A Universidade Federal de Minas Gerais, no Brasil, financia cinco projectos de saúde, nomeadamente desnutrição hospitalar, combate a lepra, avaliação do desenvolvimento infantil, engenharia civil e mecânica.

Actualizado em Quinta, 10 Outubro 2013 18:23
 
Pede-se valorização do Ensino à Distância
CAMPUS - Soltas
Escrito por Coutinho Macanandze   
Quinta, 10 Outubro 2013 16:39

O Ensino à Distância, supostamente pouco credível, deve ser aceite e reconhecido como um modelo viável para a formação dos moçambicanos. Para o efeito, é necessário, dentre outras medidas, que se adoptem estratégias de divulgação das suas características e potencialidades, efectuar reformas e disponibilizar materiais de formação, apelou, esta quinta-feiram (10), em Maputo, a vice-ministra da Educação, Leda Hugo.

Actualizado em Quinta, 10 Outubro 2013 17:53
 
Mais de mil e setecentos professores serão contratados em Nampula
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação   
Quinta, 10 Outubro 2013 16:06

O sector da Educação e Cultura na província de Nampula prevê contratar 1.730 professores para todos os subsistemas de ensino, dos quais 1.515 da categoria de N4 e N3 e os restantes 215 da categoria de N1.

Actualizado em Quinta, 10 Outubro 2013 16:12
 
Já não há vagas para novas matrículas nas escolas primárias do Alto-Maé e 3 de Fevereiro em Maputo
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação   
Quinta, 10 Outubro 2013 15:53

A inscrição das crianças que pela primeira vez vão frequentar a escola, em 2014, está a decorrer sem sobressaltos em alguns estabelecimentos de ensino da capital moçambicana, constatou, esta quinta-feira (10), o @Verdade. Entretanto, nas escolas primárias do Alto-Maé e 3 de Fevereiro as vagas esgotaram logo na primeira semana do início do processo.

Actualizado em Sexta, 11 Outubro 2013 07:33
 
Continuam a faltar soluções para os problemas do ensino em Moçambique
CAMPUS - Soltas
Escrito por Redação   
Quarta, 09 Outubro 2013 16:59

A falta de infra-estruturas escolares, a ineficiente melhoria da qualidade de formação de professores, as precárias condições de ensino e aprendizagem, a persistência do elevado rácio aluno/professor e a fraca contratação de docentes qualificados são alguns factores que dificultam a progresso da qualidade do ensino, sobretudo nos níveis primário, secundário e técnico-profissional em Moçambique.

Actualizado em Quarta, 09 Outubro 2013 18:00
 
Início Anterior 31 32 33 34 35 36 Seguinte Final

Pág. 31 de 36