Funcionários Públicos receberam aumentos entre 145 e 6.008 meticais em Moçambique
Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Adérito Caldeira  
Segunda, 25 Junho 2018 22:49
Share/Save/Bookmark

Foto da Presidencia da RepúblicaExistirão milhares de Funcionários Públicos em Moçambique com nostalgia do aumento de 500 meticais de 2017, é que os rejustes de 6,5 e 5 por cento deste ano resultaram em incrementos de 145 meticais para os auxiliares tributários, 306 meticais para os auxiliares dos técnicos de saúde e 436 meticais para professores. Os grandes beneficiados foram aqueles que ocupam cargos de direcção e chefia que passaram a ganhar mais de 6 mil meticais além de duplicarem os salários pelas posições.

Os Funcionários e Agentes do Estado (FAE) moçambicano que no passado dia 23 celebraram o seu Dia Internacional pouco tiveram para comemorar, além dos discursos a apelarem ao seu patriotismo diante do custo de vida já antes insustentável e nos últimos anos insuportável devido as dívidas ilegalmente contraídas pelos governantes do partido Frelimo.

Aliás cerca de cem mil deles terão sentimos mesmo saudades do aumento de 500 meticais uniformemente estabelecido para todos FAE no ano de 2017 pois este ano quem tenha o nível de qualificações básico ou elementar nem sequer conseguiu igualar esse montante com os 6,5 por cento decretados em Abril passado pelo Governo de Filipe Nyusi.

Por exemplo os auxiliares tributários de 3ª CI, os Funcionários Públicos que piores salários auferem, tiveram uns míseros 145 meticais de aumento passando dos anteriores 2.899 para 3.044 meticais.

Miserável foram os aumentos dos auxiliares técnicos de saúde, que no anterior salário de 4.715 passaram a auferir mais 306 meticais, e dos assistentes técnicos de saúde, que tiveram aumento de 323 meticais no vencimento de 6.453.

Incremento abaixo dos 500 meticais de 2017 também tiveram os professores na carreira N5, ao salário de 4.684 meticais foram acrescidos este ano apenas 326, ou mesmo aqueles que já esteja na carreira N3, que viram aumentar ao soldo de 8.080 meticais apenas mais 436.

 

Motivos para comemorar terão tido os Funcionários e Agentes do Estado que foram até à Presidência não só pelo privilégio de encontrarem-se com Filipe Nyusi mas principalmente pelos cargos de direcção e chefia que ocupam.

Os mais de dez mil Funcionários Públicos nesses cargos que aos vencimentos base recebem à partida acréscimos que chegam aos 140 por cento tiveram aumentos de 5 por cento sendo que no topo desse grupo os incrementos de 2018 começaram nos 6.008 meticais em diante.

Importa recordar que os suplementos atribuídos aos FAE tornam a massa salarial cada vez mais elevada, tendo em conta o Produto Interno Bruto de Moçambique, um quesito recorrentemente enfatizado pelo Fundo Monetário Internacional nos relatórios.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 25 Junho 2018 23:21
 
Avaliação: / 1
FracoBom