Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 29 Junho 2018 08:46

Foto da Presidencia da RepúblicaO Chefe do Estado, Filipe Nyusi, manifestou-se, na quinta-feira (28), em Maputo, preocupado com a prevalência da malária em Moçambique, mormente nas regiões centro e norte, censurou o modo de ser e de agir da população em relação à doença. Segundo ele, parte do problema em questão “somos todos nós”, mas cada um no seu meio. É que algumas pessoas, argumentou o estadista, criam condições propícias à proliferação do mosquito causador do paludismo e negam a pulverização intra-domiciliária. Outras rejeitam o uso de redes mosquiteiras impregnadas com insecticida de longa duração, alegadamente “porque sufoca”. Outras ainda, recorrem ao atendimento hospitalar depois de experimentarem “medicamentos caseiros”, o que agrava a enfermidade.

Actualizado em Terça, 03 Julho 2018 08:06
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 13 Junho 2018 07:43

Uma criança de 10 anos de idade, do sexo masculino, morreu no último domingo (10) em circunstâncias ainda não claras, na maior unidade sanitária do país, para onde foi transferida depois de receber os primeiros socorros no Hospital Geral de Mavalane, logo que sofreu a mordedura de um cão vadio, cuja situação de vacinação se desconhece completamente.

Actualizado em Sexta, 15 Junho 2018 08:24
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 12 Junho 2018 08:09

As doenças crónicas e não transmissíveis, nomeadamente a hipertensão arterial, as diabetes, as doenças respiratórias crónicas, as doenças cardiovasculares, o cancro, a anemia, os problemas mental, o trauma e a violência estão a aumentar de forma alarmante em Moçambique, sobretudo na população pobre, disse o Ministério da Saúde (MISAU), na segunda-feira (11), em Maputo, no lançamento de um estudo sobre a matéria e sublinhou a necessidade de as pessoas ficarem mais alertas para estas questões, que “ameaçam a sustentabilidade do sistema nacional de saúde”.

Actualizado em Quarta, 13 Junho 2018 08:11
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 31 Maio 2018 07:46

A Ministra da Saúde, Nazira Abdula, insiste que os quadros da instituição que dirige, os profissionais de saúde e os dirigentes de outras áreas que lidam com a saúde no país devem promover “acções concretas para desencorajar e acabar com a corrupção, o mau atendimento e o roubo de medicamentos” nas unidades sanitárias, bem como quer “evidências da melhoria da qualidade dos serviços” prestados à população.

Actualizado em Segunda, 04 Junho 2018 08:41
 
Escrito por Tina   
Sexta, 25 Maio 2018 07:49

A minha namorada quando faz sexo comigo diz que a bexiga dói depois da relação sexual. E eu tenho tido queimaduras na cabeça do meu pénis. Às vezes, sai um xixi amarelo depois do sexo. Às vezes tenho tido diarreia. Queria saber que doença deve ser? Paulo.

 
Escrito por Agências   
Quinta, 24 Maio 2018 08:14

Três pacientes infectados com o vírus mortal do Ébola retiraram-se de uma ala de isolamento de um hospital da cidade congolesa de Mbandaka, disseram autoridades de saúde, enquanto médicos correm para impedir que a doença se prolifere no movimentado porto.

 
Escrito por Agências   
Quarta, 23 Maio 2018 08:00

Mais duas pessoas morreram do Ébola e sete novos casos foram confirmados na República Democrática do Congo, disseram autoridades nesta terça-feira, mas a resistência à orientação pública sobre como prevenir a doença estava evidente na capital provinciana

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 21 Maio 2018 08:27

O número de casos confirmados do surto do Ébola no noroeste da República Democrática do Congo (RDC) já chegou a 21, quatro deles em área urbana, informaram neste domingo fontes oficiais.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 21 Maio 2018 07:45

A ministra da Saúde enganou os deputados da Assembleia da República (AR) com uma melhoria significativa do rácio de técnicos de Saúde por habitantes, que “nem são médicos nem são enfermeiros” de acordo com o Bastonário da Ordem dos Médicos de Moçambique. No entanto Nazira Abdula não disse que nas unidade sanitárias do Estado um médico está para mais de 12 mil moçambicanos, e que parte significativa deles trabalha também nos hospitais privados, onde vários até são sócios.

Actualizado em Quarta, 23 Maio 2018 07:55
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 60