Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 08 Março 2018 07:32

O sarampo, uma doença infecciosa e bastante contagiosa, comum na infância, ainda constitui um problema de saúde pública em Moçambique, tendo infectado mais de 90 mil pessoas, das quais 50% crianças com mais de 24 meses de idades, nos últimos sete anos. Para reduzir a incidência desta doença, bem como da rubéola, o Ministério da Saúde (MISAU), vai realizar, entre Abril e Maio próximos, em todo o país, uma campanha de vacinação abrangendo 12 milhões de crianças com idades compreendidas entre seis meses e 14 anos.

Actualizado em Sexta, 09 Março 2018 08:13
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 06 Março 2018 07:31

A cólera, também conhecida como “doença das mãos sujas”, matou pelo menos quatro pessoas e infectou outras 641, de Janeiro a Fevereiro deste ano, nas províncias de Nampula e Cabo Delgado, disse ao @Verdade a chefe do Departamento de Epidemiologia no Ministério da Saúde (MISAU).

Actualizado em Sexta, 09 Março 2018 08:37
 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 02 Março 2018 07:11

O Ministério da Saúde (MISAU) expulsou, no ano passado, pelo menos nove funcionários acusados de prática de mau atendimento, cobranças ilícitas e demora no atendimento em diferentes hospitais públicos. Todavia, a instituição não ofereceu pormenores tais como nomes das pessoas supostamente envolvidas, as unidades sanitárias a que estavam afectada e em que circunstâncias as acções ocorreram.

Actualizado em Terça, 06 Março 2018 07:57
 
Escrito por Redação   
Quarta, 31 Janeiro 2018 07:49

Se o suicídio é um acto de coragem ou decobardia, poucas pessoas ou ninguém o pode afirmar e dar a devida fundamentação. Todavia, em 2017, só na província de Inhambane, pelo menos 47 indivíduos recorreram ao suicídio para resolver os problemas que enfrentavam. As autoridades policiais mostram-se preocupadas devido a este facto e não é para menos: é que o número aumento em sete casos, relativamente a 2016, em que houve 40 vítimas.

Actualizado em Segunda, 05 Fevereiro 2018 07:53
 
Escrito por Redação   
Quarta, 24 Janeiro 2018 08:23

O surto de cólera que existe na província de Nampula causou já uma vítima mortal. Na província do Niassa foi dado alerta para intensificar a prevenção.

Actualizado em Segunda, 29 Janeiro 2018 08:18
 
Escrito por Redação   
Terça, 23 Janeiro 2018 07:58

Depois de pouco mais de dois anos sem registo da cólera, a província de Cabo Delgado é assolada pela chamada de doença de mãos sujas, desde a primeira semana de Janeiro em curso. Pelo menos 75 pessoas já tinham sido diagnosticadas cólera, nove das quais permaneciam internadas até segunda-feira (22). Felizmente, não há óbitos.

Actualizado em Segunda, 29 Janeiro 2018 08:17
 
Escrito por Emildo Sambo   
Segunda, 22 Janeiro 2018 07:48

O Ministério da Saúde (MISAU) lançou, na última sexta-feira (19), o “Projecto da Inspecção Pré-Embarque de Medicamentos”, com o qual pretende evitar a falsificação/contrafação de fármacos importados e assegurar a qualidade dos mesmos. Na fase inicial, o projecto visa a Índia, considerado maior exportador para Moçambique.

Actualizado em Quinta, 25 Janeiro 2018 09:16
 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:53

Trinta e seis pessoas morreram devido à sinistralidade rodoviária, entre as festividades do Natal e do ano novo, em Moçambique, informou o Ministério da Saúde (MISAU), na quarta-feira (03). O número eleva-se para 46 óbitos (contra 42 registados nas festividades de 2016/2017), incluindo os 10 indivíduos que pereceram vítimas de agressão física e outros acidentes.

Actualizado em Quinta, 15 Março 2018 11:06
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 13 Dezembro 2017 08:43

Foto de Emildo SamboO vice-ministro da Saúde, João Leopoldo da Costa, visitou, na terça-feira (12), o Hospital Geral de Mavalane (HGM), que recentemente beneficiou de obras de reabilitação e ampliação. À sua chegada, ele percorreu vários departamentos, desde a aceitação geral dos pacientes e gabinete de consultas, passar pela triagem de pediatria e sala de tratamento, e desembocou no depósito de medicamentos e na medicina, interagiu com os trabalhadores e doentes. No fim, disse à imprensa que saiu de lá satisfeito, porque a unidade sanitária já pode oferecer melhor atendimento aos utentes e já dispõe de equipamentos para uma vasta gama de necessidades. Todavia, manifestou o seu desagrado, por exemplo, com o facto de a medicina albergar enfermos do sexo masculino e feminino.

Actualizado em Sábado, 16 Dezembro 2017 07:31
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 4 de 61