SELO: Até quando a requalificação do Chamanculo “C”? - Por Alcides Bazima
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação  
Quinta, 18 Junho 2015 07:41
Share/Save/Bookmark

Este é o segundo mandato do edil David Simango e a promessa vem do primeiro. Até aqui, Chamanculo “C” espera ser requalificado. O dinheiro já existe, segundo as informações veiculadas pela Imprensa, há anos, doado por uma organização italiana, a mesma que patrocinou um projecto idêntico no Brasil, na cidade de Rio de Janeiro.

A referida requalificação do Chamanculo vai custar aos cofres do Concelho Municipal da Cidade de Maputo cerca de três milhões de meticais e vai obrigar o município a reassentar algumas famílias.

Em 2013, o elenco do actual edil  deslocou-se ao Centro Comunitário do bairro do Chamanculo “C” para anunciar que a urbe será requalificada, com vista à melhoria das condições de habitabilidade dos munícipes que vivem em condições deploráveis, acto que engloba a construção de novas casas, sobretudo prédios, aberturas de novas ruas, melhoria de sistema de água, etc.

Para este projecto já houve várias e sucessivas reuniões com os moradores daquele bairro, inclusive foi feito o levantamento de dados das famílias, e reorganizada a numeração dos quarteirões, mas, até ao momento, nem água vem nem água vai.

Tudo está no silêncio, não se sabendo ao certo se o projecto avança ou não. Enquanto isso, algumas vozes adiantam que o valor alocado está ainda a vencer juros e a encher os bolsos dos que estão à frente do programa e quando a vontade ressurgir o plano vai entrar em marcha. Se for verdade, é lamentável!

Enquanto a requalificação não chega, o bairro continua velho, com ruas danificadas, casas precárias, sistema de saneamento deficiente e com uma população jovem, mas desempregada, sobrevivendo de pequenos negócios desde lícitos até ilícitos. Como sói dizer-se... nunca é tarde.

Por Alcides Bazima

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom