SELO: Senhor Presidente Filipe Nyusi, que armas tem para erradicar a tuberculose no nosso país até 2030? - Por José Maria de Igrejas Campos
Escrito por Redação   
Terça, 23 Outubro 2018 08:10

Senhor Presidente Filipe Nyusi, li com grande satisfação e alegria as suas declarações ao Jornal Notícias, referindo que ia conseguir erradicar a tuberculose no nosso país até 2030. Isto é uma tarefa espantosa. Espero que o Ministério da Saúde (MISAU) esteja preparado para levá-la a cabo!

Que novas armas foram postas à disposição do nosso país, pelas Nações Unidas e o seu braço sanitário a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF)? Têm de ser armas potentes que até uns dias antes da sua ida à Assembleia Mundial de Saúde não existiam.

 
SELO: O professor e a disciplina na escola de hoje vs o dia 12 de Outubro de 2018 - Por Eduardo Fernando
Escrito por Redação   
Quinta, 18 Outubro 2018 08:10

É com a devida vénia que dirijo ao Presidente da República de Moçambique, na sua intervenção pelo dia dos professores do Rovuma ao Maputo e do Zumbo ao Índico. Sem discriminação e através dos professores, ele endereçou saudações a todos os profissionais da Educação, que trabalham nas escolas públicas, privadas e comunitárias de todo o território nacional, por ocasião do 37º aniversário da criação do Dia do Professor, que coincide com o ano da criação da própria Organização Nacional dos Professores (ONP).

 
SELO: “Os que não comem”: Mais do que um assunto da polícia, uma questão de governação no geral - Por Raúl Barata
Escrito por Redação   
Terça, 16 Outubro 2018 08:04

Surgiu, nos últimos dias, na cidade de Nampula, um grupo de jovens malfeitores que se auto denomina “os que não comem”, que vem espalhando terror e luto em algumas famílias desta urbe. No entanto, informações actualizadas dão conta que foram capturados e estão as contas com as autoridades policiais.

 
SELO: Unir o inútil ao desagradável na pá(t)ria a(r)mada, por Por Neto Saete
Escrito por Redação   
Quinta, 27 Setembro 2018 07:33

A projecção de uma democracia assente e sólida foi o móbil da destruição massiva de infra-estruturas, perda de alguns valores sócio-culturais, bem como de várias vidas humanas na pá(t)ria a(r)mada.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 4 de 111