SELO: Sobre a insistência em Mphanda Nkuwa
Escrito por Justiça Ambiental   
Quarta, 05 Setembro 2018 07:35

“As barragens poderão estar entre os mais renitentes legados coloniais em África. Nem leis, tradições ou padrões de vida persistem como elas. Fixas na paisagem, elas vão mudando o mundo em seu redor enquanto teimosamente se mostram resistentes a quaisquer mudanças significativas. Cahora Bassa, concluída no trecho moçambicano do rio Zambeze em 1974, um ano antes do fim do domínio Português, foi catastrófica para aproximadamente meio milhão de pessoas que dependiam do rio e seu delta para subsistir e para dezenas de milhares de pessoas que foram realocadas à força quando o lago da represa foi criado. Ainda hoje, o esquema de gestão do fluxo necessário para maximizar a exportação de eletricidade para a África do Sul continua a dizimar as safras da estação seca e a reduzir drasticamente a pesca, tornando a vida ao longo do Zambeze dificilmente suportável.

Actualizado em Quarta, 05 Setembro 2018 07:53
 
SELO: Nós estamos a viver como escravos no Moçambique independente - por: Anselmo Matusse
Escrito por Justiça Ambiental   
Segunda, 27 Agosto 2018 22:31

A primeira vez que fui para Límbue, povoado do distrito de Lugela, na Província da Zambézia foi em Junho de 2016. Na altura, ia fazer um prétrabalho de campo sobre as comunidades que viviam com o Monte Mabu. O inverno já se fazia sentir, mas o sol ainda brilhava. A viagem de Mocuba para Lugela leva cerca de 3 horas de camião. Por seu turno, uma viagem até Límbue pode levar cerca de 5 horas. Na altura a estrada era só de terra batida, com muitas subidas e descidas. Voltei para Límbue em meados de 2017, e de novo em Abril de 2018 aquando do meu trabalho de campo. Nesse tempo a empresa Mota-engil já havia começado com as obras de construção da estrada que liga Mocuba a Tacuane com uma faixa de rodagem para dois sentidos.

Actualizado em Terça, 28 Agosto 2018 07:45
 
SELO: O abominável Regulamento de Fazenda de 1901 - Por Ricardo Santos
Escrito por Redação   
Terça, 21 Agosto 2018 22:37

Numa medida para alavancar o processo de reforma do Estado, estabelecendo os comandos normativos para a operacionalização do Sistema de Administração Financeira do Estado, vulgo SISTAFE, foram revogados, em Junho de 2002, vários instrumentos legais retrógrados, com particular destaque para o oitocentista Regulamento de Fazenda de 1901 e suas sucessivas extensões que perduravam após a independência nacional.

 
SELO: A origem de conflito de gerações - Por Basílio Macaringue e Adriano Novela
Escrito por Redação   
Segunda, 20 Agosto 2018 21:48

A necessidade de sobrevivência e a ambição constituem duas grandes razões pelas quais o Homem mantém uma relação indissociável com a natureza e seus recursos. Esta relação existe através do trabalho, que o Homem realiza com vista a garantir a satisfação das suas necessidades. É indiscutível que, de forma geral, todo o agrupamento de seres humanos que se comunicam e interagem entre si, vivem com base num conjunto de normas, crenças, valores morais e entre outros elementos que têm como objectivo homogeneizar e controlar a conduta de todo o ser humano, enquanto inserido naquele agrupamento. À estes elementos denomina-se cultura e ao contacto que se estabelece denomina-se socialização.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 6 de 110