SELO: Poupança de água, que solução? - Por Benedito Estêvão Machipane
Escrito por Redação   
Terça, 14 Maio 2019 07:19

Compatriotas Em nome de um Moçambique sustentável, venho por este canal expôr uma opinião relactiva ao quotidiano do uso de água potável, sustentada por uma publicidade corrente no órgão de difusão RM, da responsabilidade da “Águas da Região de Maputo”, a qual diz que “naõ usar a água da rede para regar jardins, lavar carros, passeios”...!

 
SELO: Poder popular e manifestações pacíficas em África, Por que Moçambique é actualmente uma excepção? - Por Raúl Barata
Escrito por Redação   
Terça, 07 Maio 2019 06:41

Sudão e Argélia foram dois países que recentemente tornaram-se notícia a nível internacional pelos protestos pacíficos que depuseram os seus respectivos presidentes nomeadamente Omar Al Bashir e Abdelaziz Bouteflika. Em África, as manifestações e os protestos populares pacíficos contra um determinado governo do dia, uma figura política ou uma decisão do governo não são uma novidade. Na África Austral, num passado não muito distante, registaram-se em países como África do Sul, Zimbabwe, Quénia e Madagáscar manifestações de ordem pacífica.

Actualizado em Terça, 07 Maio 2019 08:32
 
SELO: Corrupção e suas implicações na governação local - IDeIAS nº111
Escrito por Redação   
Quinta, 02 Maio 2019 07:44

O debate sobre a corrupção e suas implicações no desenvolvimento de Moçambique suscita uma série de questões no contexto da descentralização. Qual é a percepção dos cidadãos em relação à corrupção ao nível local? Que implicações a corrupção tem na governação local? Com enfoque no município de Lichinga, este texto procura responder a estas perguntas, argumentando que: (i) a percepção dos munícipes é que a corrupção no município de Lichinga é alta e está ligada à figura do Presidente do Município; (ii) a corrupção tem inúmeras implicações na governação ao nível do município com destaque para a baixa qualidade de serviços públicos e a fragilização da legitimidade do governo municipal.

 
SELO: “Barómetro da Governação Municipal 2018” - por IESE
Escrito por Redação   
Terça, 16 Abril 2019 21:10

Produzido por uma equipa de investigadores do Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE), coordenada por Salvador Forquilha, este novo “Barómetro da Governação Municipal (BGM) 2018” mede a percepção dos munícipes em relação ao desempenho da governação municipal em diferentes vertentes da actuação dos órgãos e serviços municipais. O BGM foi concebido com a finalidade de facilitar um diálogo construtivo entre a Associação Nacional dos Municípios de Moçambique (ANAMM) e o Governo na área do desenvolvimento municipal bem como disponibilizar ao público uma base de dados com informação relevante sobre os municípios, além de contribuir para uma melhor definição de áreas prioritárias de acção para os governos municipais e observação e monitoria das mudanças ao longo do tempo.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 7 de 120