SELO: Confusão entre namoro e emprego: Mulheres desfalcam bolsos dos homens - Por Euclides Da Flora
Escrito por Redação   
Quarta, 18 Novembro 2015 08:26

O presente artigo não tem como objectivo ofender as mulheres e não constitui um ataque a elas, mas incide sobre o comportamento nocivo de algumas pessoas da classe feminina, que transformam as relações amorosas numa fonte de financiamento para satisfazer os seus caprichos. Isto não quer dizer que não existam homens que investem na mesma medida, mas as mulheres distorcem a relação de namoro.

 
SELO: Ex-trabalhadores das minas da extinta ERPM da África do Sul sem indemnização - Por Rasman Ubisse
Escrito por Redação   
Terça, 17 Novembro 2015 07:55

É com muita ansiedade que escrevo sobre os ex-trabalhadores das minas da extinta companhia East Rand Proprietary Mines (ERPM) da República da África do Sul, dos quais fazem viúvas, residentes nos bairros e localidades de Marien Ngouaby, Patrice Lumumba, Chicumbane, 3 de Fevereiro, Chongoene, dentre outros pontos desta província moçambicana.

Actualizado em Terça, 17 Novembro 2015 08:46
 
SELO: Que democracia? Um questionamento necessário para compreender a camuflagem - Por Franquelino Basso
Escrito por Redação   
Sexta, 13 Novembro 2015 08:34

Nos dias de hoje, é comum ouvir os actores políticos a exaltarem a democracia, uns defendendo com “garras e unhas” a existência dela no país, alguns reivindicando o mérito deles próprios, pela sua existência, e outros dizem lutar para consolidá-la. Mas a questão que se coloca é: Que democracia? Esta é a que tem sido defendida com base na ideia de que ela atinge os valores de igualdade, liberdade, auto-desenvolvimento moral, interesse comum e até mesmo interesses privados, ou a democracia que se defende com “garras e unhas”? É esta democracia pela qual se lutou?

 
SELO: Desmilitarizar a Renamo à força aumenta o risco de uma guerra generalizada- Por Franquelino Basso
Escrito por Redação   
Quinta, 12 Novembro 2015 07:12

Entre os debates mais intensos que permeiam a sociedade actual, uma questão que não pode ser colocada em segundo plano, certamente, é a da desmilitarização dos homens armados da Renamo. Opinar sobre a tão complexa matéria é, seriamente, um desafio. No entanto, enquanto cidadão, tenho o direito e dever de me manifestar, sobretudo em relação a um assunto que é bastante recorrente nos media, nos últimos meses.

 
Início Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Seguinte Final

Pág. 96 de 123