SELO: A Frelimo e os males que criou - opinião de Jorge Valente
Escrito por Redação   
Domingo, 08 Fevereiro 2015 18:31

Caros Compatriotas!

Como já tinha dito nos meus artigos anteriores de reflexão, a Frelimo conseguiu manipular os resultados das eleições gerais devido ao elevado nível de desorganização da oposição deste país.

A arrogância, a ganância e o regionalismo implantados pela Frelimo com réplicas na sociedade moçambicana, em geral, e na oposição, em particular, ditam mais esta tragédia nacional de manter os males de que o país sofre desde o fim do colonialismo português.

 
SELO: Os nomes das nossas selecções nacionais: uma discussão oportuna? - opinião de Pedro Júnior
Escrito por Redação   
Sexta, 30 Janeiro 2015 09:50

O desporto arrasta multidões. Sem distinção de cor, raça, estrato social, um jogo de futebol, basquetebol, uma prova de atletismo, ou qualquer outro, reacende ânimos, convoca emoções e desperta paixões de todo o tipo.

Quando se trata de selecções nacionais em provas desportivas, quebram- se barreiras e as mais abismais diferenças, e nações inteiras unem-se para celebrarem uma auto-estima às vezes até em crise ou inexistente. Todos e mais um manifestam total e incondicional apoio à selecção, sentem- se convocados, vestem a camisola do país e também estão lá no campo, suando, chorando e/ou gritando de alegria até ao fim do jogo.

Actualizado em Sexta, 30 Janeiro 2015 09:55
 
SELO: Impacto das fiscalizações de roubo de energia - por Tomás Adriano Sitoe*
Escrito por Redação   
Terça, 27 Janeiro 2015 16:57

Várias vezes, a Electricidade de Moçambique (EDM) veio a público reclamar prejuízos avultados a cerca do roubo de energia e vandalização de linhas de transporte. Uma solução eficaz dos problemas requer uma correcta identificação de suas causas. Uma inadequada identificação e análise das causas do problema pode levar a falhas na sua solução.

Actualizado em Terça, 27 Janeiro 2015 17:09
 
SELO: O Baptismo de Fogo de Nyussi: Alerta Vermelho Institucional ou Emergência? - Por Manuel de Araujo
Escrito por Redação   
Terça, 20 Janeiro 2015 17:23

No último sábado visitei o distrito de Mocuba para verificar in loco a situação das cheias pois há já uma semana que que a fúria das águas que irrompeu sobre aquele território! Fui em respeito a nossa cultura que inter alia recomenda que quando a Casa do Vizinho esta a arder, não devemos ficar de braços cruzados! Temos que nos solidarizar e apoiar para debelar o fogo, tanto mais não seja por mero altruísmo ou compaixão, mas também porque a nossa poderá ser a próxima vítima!

 
Início Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Seguinte Final

Pág. 98 de 106