Toma que te dou: Chapa despedaça boi e mata inocentes
Escrito por Alexandre Chaúque   
Quinta, 22 Maio 2014 14:34

Quem me conta esta história é um amigo de circunstância com quem viajei de “chapa” na última segunda-feira. Íamos a Tofo, e na primeira curva apertada que encontrámos, depois do aeroporto, não capotámos porque o nosso ‘dia’ ainda não tinha chegado. Mas o sinal de mau agoiro já tinha sido dado com a pancadaria desencadeada entre dois “chapeiros”, e que deixou o nosso condutor com um “galo” na testa.

Actualizado em Quinta, 22 Maio 2014 14:53
 
Kerygma: Somos todos mestiços – Grande Bênção
Escrito por Cremildo Bahule   
Quinta, 15 Maio 2014 14:42

Que nós vivemos um momento de diversidades, nas mais díspares linhas e nuances, ainda é opaco para muita gente. As sociedades de hoje são tão híbridas como o arco-íris. Mesmo aquelas colectividades que parecem ser exóticas e não foram contaminadas pelos devaneios do tempo, pela maldade da globalização e pela demolidora americanização, na sua forma de estar e de perspectivar o mundo, têm a sua ilharga misturada.

Actualizado em Quinta, 15 Maio 2014 15:07
 
Toma que te dou: Cairá uma chuva de bênçãos
Escrito por Alexandre Chaúque   
Quinta, 15 Maio 2014 14:34

Voltamos a encontrar-nos no mesmo lugar que nos uniu, da primeira vez, sem que antes nos tivéssemos conhecido, ou nos visto em algum lugar. Temos afinidades, e foi isso o que facilitou a nossa comunicação, o nosso entendimento. Gostamos das mesmas músicas, vimos os mesmos filmes, dentre os quais “Keoma”.

Actualizado em Quinta, 15 Maio 2014 15:01
 
SELO: No meu país - escrito por Mahadulane
Escrito por Redação   
Terça, 13 Maio 2014 14:10

No meu país, factos curiosos e inéditos acontecem à velocidade da luz e nem o magistrado número um escapa. É uma infindável gama de acontecimentos peculiares que conferem a Moçambique um lugar de destaque e estatuto digno no livro de recordes; senão vejamos:

Actualizado em Quinta, 15 Maio 2014 18:31
 
Início Anterior 111 112 Seguinte Final

Pág. 111 de 112